• Pesquisa no Lab de Informática
  • Oficina de Linux - Docentes
  • Direção e Grêmio Estudantil
  • Feira do Conhecimento:O Carnaval
  • Integrantes do Grêmio Estudantil
  • 7ª Olimpíada de Matemática

20 de novembro Dia da Consciência Negra


Zumbi foi o grande líder do quilombo dos Palmares, respeitado herói da resistência antiescravagista. Pesquisas e estudos indicam que nasceu em 1655, sendo descendente de guerreiros angolanos. Em um dos povoados do quilombo, foi capturado quando garoto por soldados e entregue ao padre Antonio Melo, de Porto Calvo. Criado e educado por este padre, o futuro líder do Quilombo dos Palmares já tinha apreciável noção de Português e Latim aos 12 anos de idade, sendo batizado com o nome de Francisco. Padre Antônio Melo escreveu várias cartas a um amigo, exaltando a inteligência de Zumbi (Francisco). Em 1670, com quinze anos, Zumbi fugiu e voltou para o Quilombo. Tornou-se um dos líderes mais famosos de Palmares. "Zumbi" significa: a força do espírito presente. Baluarte da luta negra contra a escravidão, Zumbi foi o último chefe do Quilombo dos Palmares.
O nome Palmares foi dado pelos portugueses, em razão do grande número de palmeiras encontradas na região da Serra da Barriga, ao sul da capitania de Pernambuco, hoje, estado de Alagoas. Os que lá viviam chamavam o quilombo de Angola Janga (Angola Pequena). Palmares constituiu-se como abrigo não só de negros, mas também de brancos pobres, índios e mestiços extorquidos pelo colonizador. Os quilombos, que na língua banto significam "povoação", funcionavam como núcleos habitacionais e comerciais, além de local de resistência à escravidão, já que abrigavam escravos fugidos de fazendas. No Brasil, o mais famoso deles foi Palmares.
O Quilombo dos Palmares existiu por um período de quase cem anos, entre 1600 e 1695. No Quilombo de Palmares (o maior em extensão), viviam cerca de vinte mil habitantes. Nos engenhos e senzalas, Palmares era parecido com a Terra Prometida, e Zumbi, era tido como eterno e imortal, e era reconhecido como um protetor leal e corajoso. Zumbi era um extraordinário e talentoso dirigente militar. Explorava com inteligência as peculiaridades da região. No Quilombo de Palmares plantavam-se frutas, milho, mandioca, feijão, cana, legumes, batatas. Em meados do século XVII, calculavam-se cerca de onze povoados. A capital era Macaco, na Serra da Barriga.
A Domingos Jorge Velho, um bandeirante paulista, vulto de triste lembrança da história do Brasil, foi atribuído a tarefa de destruir Palmares. Para o domínio colonial, aniquilar Palmares era mais que um imperativo atribuído, era uma questão de honra. Em 1694, com uma legião de 9.000 homens, armados com canhões, Domingos Jorge Velho começou a empreitada que levaria à derrota de Macaco, principal povoado de Palmares. Segundo Paiva de Oliveira, Zumbi foi localizado no dia 20 de novembro de 1695, vítima da traição de Antônio Soares. “O corpo perfurado por balas e punhaladas foi levado a Porto Calvo. A sua cabeça foi decepada e remetida para Recife onde, foi coberta por sal fino e espetada em um poste até ser consumida pelo tempo”.
O Quilombo dos Palmares foi defendido no século XVII durante anos por Zumbi contra as expedições militares que pretendiam trazer os negros fugidos novamente para a escravidão. O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.
A lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003, incluiu o dia 20 de novembro no calendário escolar, data em que comemoramos o Dia Nacional da Consciência Negra. A mesma lei também tornou obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. Nas escolas as aulas sobre os temas: História da África e dos africanos, luta dos negros no Brasil, cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, propiciarão o resgate das contribuições dos povos negros nas áreas social, econômica e política ao longo da história do país.
Amélia Hamze 
Profª da FEB/CETEC
ISEB/FISO-Barretos
Leia Mais

Semana Santa



Para os Católicos, a Semana Santa é uma tradição religiosa católica que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. Ela se inicia no Domingos de Ramos, que relembra a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém e termina com a Ressurreição de Jesus, que ocorre no domingo de Páscoa.

O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte. Jesus é recebido com ramos de palmeiras. Nesse dia, são comuns procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira ou palmeira, o que originou o nome da celebração. Segundo os evangelhos, Jesus foi para Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os discípulos e entrou na cidade como um rei, mas sentado num jumentinho - o simbolo da humildade - e foi aclamado pela população como o Messias, o rei de Israel. A multidão o aclamava: "Hosana ao Filho de Davi!" Isto aconteceu alguns dias antes da sua Paixão, Morte e Ressurreição. A Páscoa Cristã celebra então a Ressurreição de Jesus Cristo.

A Escola Lucy Corrêa de Araújo deseja aos seus alunos, pais/responsáveis, professores, técnicos, diretrores e demais funcionários uma feliz semana santa e Jesus Cristo possa estar vivo e tocar em cada um dos corações lucyanos. Feliz Páscoa!
Leia Mais

Jornada Pedagógica promove oficina de Tablet


A Jornada Pedagógica que aconteceu 7 e 8 de abril, promoveu uma oficina de Tablet aos professores da escola, independente de terem sido contemplados ou não com a tecnologia. Com o apoio do NTE Ananindeu, através do Profº Denis, um dos multiplicadores tecnológicos, a oficina teve dois momentos: No primeiro momento, os professores puderam conhecer melhor seu tablet, as configurações e recursos disponíveis e no segundo momento foram apresentados diversos aplicativos no qual poderiam estruturar não somente suas aulas, mas organizar seus materiais no formato nuvem (método de guardar material e ou documentos digitalizados em arquivos online). A sala de informática possui 27 computares todos conectados à internet com duas disponibilidade de rede wifi e a cabo.
 
Leia Mais

Escola homenageia alunos(as) aprovados no vestibular


 
A escola Lucy Corrêa de Araújo parabeniza os alunos que conseguiram aprovação em diversas universidades locais. A satisfação de conseguir uma vaga em um curso superior é enorme, após meses de dedicação aos estudos e privações da diversão e do lazer. Essa vitória ainda se torna maior quando os alunos são oriundos de escola pública.
 
 

 




A Escola Lucy Corrêa trabalha com o Ensino Fundamental e Médio, sendo que este é a etapa final da educação básica e a porta de entrada para as universidades. Esses alunos e alunas passam a ser o orgulho da escola e uma aspiração para quem ainda está na luta dos estudos por uma vaga no ensino superior. Parabéns: Gabriel Xavier (turma 3001-manhã / UFRA  - ZOOTCNIA), Gleyde Valle (turma 3004-noite / UNIP ´SERVIÇO SOCIAL), Marcos Leite (turma 3002-manhã / FAMAZ - BIOMEDICINA), Sandra Souza (turma 3001-manhã / UNAMA - ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA), Thaiane Martins-DV (turma 3001-tarde / UFPA - COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO) e Helisson Santos (turma 3002-tarde / IFPA - GEOGRAFIA. Na certeza de que a vitória nessa etapa é apenas o começo de uma jornada infinita em busca do conhecimento. A escola Lucy Corrêa de Araújo está deslumbrante com essa conquista, que é de vocês e deseja que vocês sejam felizes no curso e na futura profissão que lhes aguardam.
 
 
 
 A vitória de vocês é a é satisfação de uma dever cumprido. De orientação pedagógica através de seus professores e de toda a comunidade escolar. Estamos felizes de saber que de alguma forma contribuímos para essa vitória e, quando lá na frente, nos encontrarmos, vocês jovens profissionais e, nós velhos aponsentados, não nos esqueçamos de nos abraçarmos num forte abraço para que possamos brindar um sonho realizado, tanto quanto o de vocês e do nosso. PAREBÉNS ALUNOS(AS). 
Leia Mais

Professoras concluem oficina de leitura

As professoras de Língua Portuguesa: Patrícia Pinto, Fernanda Kallil e Sarita Marques concluíram a oficina de leitura "o mundo em quadrinhos" com as turmas das 6ª séries, manha e tarde, as atividades ocorrem na biblioteca da escola, bem como na sala de informática, mas a maioria das atividade foram desenvolvidas na biblioteca que culminou com um mural e vários encartes. A escola parabeniza as professoras ao excelente trabalho de incentivo à leitura através das histórias em quadrinho e aos alunos pelo desempenho e criatividade em desenvolver as história

Leia Mais

Reunião Geral





Comunicamos a toda comunidade escolar que haverá, neste sábado, 8/02, a partir das 8:00h da manhã, reunião de pais e responsáveis para tratarmos assuntos pertinentes a escola. Contamos com a presença de todos.


                                                                                                   A
                                                                                                   DIREÇÃO
Leia Mais

Autorizada a reforma da Escola Lucy Corrêa

A tão sonhada reforma da escola Lucy Corrêa saiu do papel. Após diversas investidas da Direção, de Professores, Alunos e demais Funcionários na sede da SEDUC cobrando uma posição da reforma, cuja licitação já havia sido concluída pelo Governo do Estado desde o inicio de 2013. Ontem, 5/02, a Direção e um grupo de Professores foram na Secretaria Estadual de Educação cobrar o inicio da reforma, pois os recursos estão disponíveis e a cada demora a desvalorização pela inflação é uma realidade. Na próxima segunda os engenheiros estarão na escola para iniciar o planejamento da reforma estabelecendo prazo e sua metodologia.


Processo: 579.553/2012
Concorrência: 018/2012
Contrato: 072/2013
Valor: 511.491,55
Leia Mais

Escola Lucy retorna nesta segunda-feira

Diretora e pais/respnsáveis
Apos 16 dias de interdiçao devido o sinistro do Lider, a escola Lucy Corrêa retorna as suas atividades na própria escola nesta segunda-feira, 16/12. Uma reuniao com pais e responsáveis foi realizada para esclarecer e informar o retorno.

 Embora a escola esteja atrasada em seu calendário, o conteúdo está em dia e a revisão já foi feita, além disso, o calendário de provas também está pronto. Desejamos a todos e todas um feliz retorno.


Leia Mais

Reunião busca definir soluções para a Escola


Acontece nesta sexta-feira, 6/12, às 8:00h, na Escola Lucy Corrêa de Araújo, reunião entre Direção, Professores, Funcionários, Pais e/ou Responsáveis e órgão da Defesa Civil para discutirem a volta às aulas após o sinistro com o Supermercado Lider. Desde o incêndio a escola encontra-se com as suas atividades paradas. A alternativa de se abrir um portão pela lateral de iniciativa do Grupo Lider não se concretizou, ainda sim, há o problema do mal cheiro que tomou conta daquela área e do interior da escola. O risco de desabamento da parede lateral para o lado da escola é grande e a qualquer momento isso pode ocorrer, haja vista, as fissuras nas paredes e sua inclinação para o lado da rua serem evidentes e expressiva. Contudo, convidamos toda a comunidade escolar a participarem e juntos somarmos esforços para encontrarmos uma solução rápida e viável.
Leia Mais

Geografia na sala de informática

Professora orientando seus alunos na pesquisa

As turmas 501 e 502 da manhã,sob a orientação da Professora Andreia de Geografia, tiveram a oportunidade de investigar a poluição do ar ou da atmosfera através da Tecnologia da Informação. POr meio de dois sites que a Professora disponibilizou, os alunos puderam descobrir as causas e efeitos da poluição do ar, bem como as alternativas de minimizá-las.

Alunos concentrados na pesquisa

Na ocasião, pode-se constatar que os recursos tecnológicos são uma ferramenta alternativa de pesquisa através do interesse com que os alunos demonstraram dentro da sala. Ao final da pesquisa,os alunos puderam imprimir seus trabalhos limitados a duas folhas por equipe
Leia Mais

Turma do 1º ano na produção de texto

Professora Patrícia na orientação da turma 1004/manhã


A turma do 1º ano, turma 1004 da manha, participou da produção de textos a partir da leitura online de diversos aspectos econômicos, culturais e gastronômicos de outros países.

A Professora Patrícia, de Língua Portuguesa, foi a responsável pela tarefa pedagógica na sala de informática, com ela, os alunos puderam analisar outros países e a partir dessa análise produzirem um texto crítico-analítico. O objetivo é fazer com que os alunos possam vivenciar a experiência de produção de textos, ou seja, redação, que é exigido nas avaliações do ENEM e demais processos seletivos ao final da Educação Básica.
Leia Mais

Alunos e Professores comemoram sete de setembro

Apresentação das bandeiras para hasteamento

No mês de setembro se comemora a Independência do Brasil e como não poderia ser diferente a Escola Lucy Corrêa não deixa em branco essa data tão importante para os brasileiros e para a História.


Nesta semana, há sempre o hasteamento das bandeiras do Brasil, do Pará e do Município seguido do Hino Nacional na voz de nossos alunos. Sob o comando do Professor Clodoaldo que vê neste momento, a oportunidade de despertar o patriotismo dos alunos, com palavras incentivadoras de civismo nacional, o mesmo dirigiu a sua turma para o pátio da escola e de forma organizada homenagearam o Brasil e relembraram a relevância de sua independência para a identidade do povo brasileiro e o seu desenvolvimento como nação independente e soberana.



 Reflexão sobre o 7 de setembro

Canto do Hino Nacional

 Canto do Hino Nacional


Leia Mais